7 de abr de 2010

Arranca Fase III de novo estudo comparativo entre tratamentos para Esclerose Múltipla






Matéria Publicada em: 06/04/2010



A Biogen Idec e a Elan Corporation plc anunciaram no início do mês o arranque da fase III b SURPASS, um ensaio aleatorizado, com ocultação para o avaliador, controlado e desenhado para avaliar a mudança do tratamento com acetato de glatirâmero ou com (interferão beta-1a sc) para o Tysabri® (natalizumab), em pessoas com esclerose múltipla (EM), avançam as companhias em comunicado. 
Prevê-se que o estudo SURPASS envolva 1800 doentes de 27 países, incluindo Portugal, e forneça dados comparativos em relação a diferentes opções de tratamento para doentes que apresentam actividade da doença apesar do tratamento.

“Apesar de medicados, muitos doentes com EM acabam por ver a sua doença progredir, o que resulta numa perda de capacidade física e danos permanentes ao nível do sistema nervoso central”, declarou Richard Rudick, presidente do comité executivo do SURPASS e director do Centro Mellen para o Tratamento e Investigação da Esclerose Múltipla da Cleveland Clinic. 

“Actualmente, há poucos dados para sustentar as decisões de mudança de tratamento nas pessoas que, mesmo sob medicação, apresentam actividade da doença. Por isso, o objectivo do estudo SURPASS é o de fornecer dados para que os médicos possam afinar as suas decisões e melhorar os resultados nos doentes com EM”, completou, justificando, assim, a importância do estudo.

Um número significativo de doentes com EM continua a ter surtos e a ver a sua doença progredir, apesar do tratamento com imunomoduladores, tais como o acetato de glatirâmero e o interferão beta 1a sc. O estudo SURPASS, um ensaio clínico de grandes dimensões, controlado, irá avaliar a mudança para Tysabri®, comparando-a com a manutenção da terapêutica com acetato de glatirâmero ou com o interferão beta 1a sc ou a mudança entre estes dois tratamentos. O objectivo é determinar se a utilização precoce de Tysabri® no algoritmo terapêutico acaba por conduzir a melhores resultados.

Para Alfred Sandrock, vice-presidente sénior do Departamento de Investigação e Desenvolvimento de Neurologia na Biogen Idec, “o Tysabri® é uma opção terapêutica interessante, que representa um sentimento de esperança para muitos doentes com EM”.

“Ao avaliar o Tysabri® em relação a outros tratamentos para esta patologia, o nosso objectivo é fornecer os dados necessários para que se possam tomar melhores decisões clínicas e aumentar a qualidade de vida dos doentes”, acrescentou o mesmo responsável.

“Acreditamos que o estudo SURPASS tem potencial para melhorar o modo como temos vindo a abordar esta doença”, afirmou Carlos Paya, presidente da Elan. É que, “apesar dos avanços científicos no tratamento da EM, ainda há muitas necessidades clínicas sem resposta nesta área e o estudo apoia o compromisso de continuar a avançar na abordagem da EM”.

O Tysabri® está aprovado em mais de 45 países. Nos EUA, foi aprovado para formas específicas de esclerose múltipla e, na União Europeia, para a EM do tipo surto-remissão.



FONTE:  http://www.rcmpharma.com/news/7567/51/Arranca-Fase-III-de-novo-estudo-comparativo-entre-tratamentos-para-Esclerose-Multipla.html

Nenhum comentário:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger