15 de abr de 2010

Novo tratamento com Ampyra será administrado para esclerose múltipla avançada

Matéria Publicada em 14/04/2010

Droga melhora funções sensoriais e motoras, oferecendo um aumento na velocidade de locomoção dos pacientes.


Droga desenvolvida pela Universidade McMaster oferece nova esperança para portadores de Esclerose Múltipla avançada. A Ampyra (dalfampridine nome genérico) foi aprovada na semana passada pelo E.U. Food and Drug Administration. Segundo Robert Hansebout, neurocirurgião e responsável pela pesquisa, a droga apresentou melhoraras nas funções sensoriais e motoras, oferecendo um aumento na velocidade de locomoção dos pacientes.

"Por mais de 30 anos minha pesquisa tem se dedicado a melhorar a qualidade de vida das pessoas com lesão da medula espinhal. Ampyra é o primeiro produto que vem para o mercado que realiza esta meta ilusória", diz Hansebout.

O médico afirma que a Ampyra irá reforçar a independência de um número significativo de pessoas em todo o mundo que sofreram danos à medula espinhal, devido à Esclerose Múltipla. Pretendendo futuramente, estender os benefícios para as pessoas com lesão medular.

"A investigação não é imediatamente gratificante, mas com perseverança, pode melhorar a vida das pessoas", disse Mo Elbestawi, vice-presidente de pesquisa e assuntos internacionais de McMaster University.




Nenhum comentário:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger