31 de jul de 2010

EUA autorizam uso de células-tronco em humanos

Matéria Publicada em: 30/07/2010

A Agência de Drogas e Alimentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) anunciou nesta sexta-feira, 30, que irá liberar o uso de células-tronco embrionárias para uma primeira aplicação em humanos. As informações são do Wall Street Journal. 

A autorização da FDA permite que o grupo Geron Corporation faça o primeiro emprego de células-tronco em humanos, por meio do método conhecido como GRNOPC1 e desenvolvido pelo grupo. A primeira fase da pesquisa será voltada ao tratamento de pacientes com lesões na medula espinhal.

A Geron começou o estudo com animais no início de 2009, mas ele foi interrompido sete meses depois por causa de preocupações com a segurança dos testes, após camundongos apresentarem pequenos cistos na medula espinhal.

Células-tronco embrionárias são consideradas como pluripotentes, ou seja, podem se transformar em qualquer tipo de célula no corpo. Seu uso, no entanto, é polêmico, pois envolve a destruição de embriões humanos para o obtenção das células.

Os testes iniciais com humanos, que serão feitos com entre oito e dez pacientes em um prazo de dois anos, irão focar na segurança e na efetividade da terapia.

A Geron já está testando células-tronco em animais para determinar seu potencial de cura em doenças do sistema nervoso, como Alzheimer, Esclerose Múltipla, e a doença de Canavan.

A droga desenvolvida pela companhia contém células vivas que ajudam a restaurar fibras nervosas e a mielina, uma membrana que protege nervos do sistema nervoso central.

Nenhum comentário:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger